TEDE Universidade Católica de Santos Programa de Pós-graduação Mestrado em Saúde Coletiva
Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede.unisantos.br/handle/tede/1141
Type: Dissertação
Title: O Psicólogo nas políticas públicas de saúde mental, no Município de Santos-SP
Other Titles: Psychologist Public Policy in Mental Health in Santos-SP
Author(s): Carvalho, Priscila Larangeira
First Advisor: Cohn, Amélia
First member of the board: Cohn, Amélia
Second member of the board: Pinto, Rosa Maria Ferreiro
Third board member: Carneiro Junior, Nivaldo
Abstract: A presente dissertação aborda uma investigação sobre o atual papel ocupado pelo Psicólogo nas políticas públicas de saúde, em particular no caso da Rede Substitutiva de Saúde Mental, emergente do fechamento (intervenção) do Hospital (Psiquiátrico) Casa de Saúde Anchieta. Como objetivo, busca-se compreender qual o "locus" no qual o profissional de Psicologia foi inserido, mediante as atividades ofertadas nas Políticas Públicas de Saúde (SUS), no município de Santos. Caracterizada como qualitativa, seu desenvolvimento possui cunho exploratório, sendo que a metodologia utilizada pela pesquisa contou com: levantamento bibliográfico (sobre implantação do SUS em Santos, com ênfase na área da saúde mental); consulta de documentos e arquivos (da Secretaria Municipal de Saúde de Santos, disponíveis publicamente); coleta de informações (junto a profissionais da saúde mental - por meio de relatos a respeito de sua experiência profissional e do funcionamento de serviços - no decorrer no período estudado); e entrevistas (semi estruturadas, tendo como critério: vínculo empregatício ¿ servidor público; formação acadêmica ¿ psicólogo; e o tempo de serviço ¿ superior a três anos). Constou do campo de investigação a participação de 12 sujeitos, subdivididos em: 10 entrevistas e 02 relatos, que compôs o conteúdo a ser analisado à luz dos objetivos propostos. A análise dos dados coletados nas entrevistas foi realizada a partir do esgotamento de conteúdo e sentido de suas narrativas; da diversidade temática dessas narrativas foram estruturados três eixos principais de análise dos dados, em obediência ao objetivo geral e aos específicos da pesquisa: Modelo de Atenção - NAPS versus Anchieta; Indefinição do Papel do Psicólogo no interior desse modelo; e a Ausência da Prevenção em Saúde Mental. Conclui-se propondo um alerta à classe, visando ofertar subsídios para a reflexão sobre novos contextos políticos e de saúde, no campo da Saúde Mental, que possam ir além do atendimento das emergências.
Abstract: This dissertation discusses a research on the current role played by Psychologist in public health policies, particularly in the case of Substitute Network of Mental Health, Emerging closing (intervention) Hospital (Psychiatric) Nursing Home Anchieta. As a goal, try to understand where the "locus" in which professional psychology was inserted through the activities offered in Public Policy Health System (SUS), the city of Santos. Characterized as qualitative, exploratory development features, and the methodology used in the survey included: bibliographic (about SUS implementation in Santos, with an emphasis on mental health); consultation documents and files (the Municipal Health Santos, publicly available), information gathering (together with mental health professionals - through stories about his professional experience and operation services - during the period studied), and interviews (semi structured interviews with criteria: employment - public servant; academic - psychologist, and the service time - more than three years). Consisted of field research involving 12 subjects, divided into: 10 interviews and 02 reports, composing the content to be judged against the objectives. The analysis of the data collected in the interviews was carried out from the exhaustion of content and meaning of their narratives; thematic diversity of these narratives were structured three main data analysis, in obedience to the general objective and specific research: Attention Model - NAPS versus Anchieta; Blurred Role of the Psychologist in the interior of this model, and the Absence of Prevention in Mental Health. We conclude by proposing an alert to the class, aiming to offer support for reflection on new political contexts and health, in the field of Mental Health, which may go beyond the call of emergencies.
Keywords: psicologia; políticas públicas de saúde mental; reforma psiquiátrica brasileira; estruturas substitutivas
psychology, public policy mental health; brazilian psychiatric reform; substitute structures
CNPq: SAUDE COLETIVA::SAUDE PUBLICA
Language: por
Country : Brasil
Publisher: Universidade Católica de Santos
Institution's Acronym: Católica de Santos
Department: Centro de Ciências Sociais Aplicadas e Saúde
Program: Mestrado em Saúde Coletiva
Citation: CARVALHO, Priscila Larangeira. O Psicólogo nas políticas públicas de saúde mental, no Município de Santos-SP. 2013. 154 f. Dissertação (mestrado) - Universidade Católica de Santos, Santos, 2013.
Type of Access: Acesso Aberto
URI: https://tede.unisantos.br/handle/tede/1141
Issue Date: 31-Jul-2013
Appears in Collections:Mestrado em Saúde Coletiva

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Priscila Larangeira Carvalho.pdfDissertação_Mestrado em Saúde Coletiva5.63 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.