TEDE Universidade Católica de Santos Programa de Pós-graduação Doutorado em Saúde Coletiva
Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede.unisantos.br/handle/tede/7920
Type: Tese
Title: Perfil epidemiológico dos municípios da Baixada Santista e sua relação com a contaminação ambiental.
Author(s): Bumba, Marco Antonio Cismeiro
First Advisor: Braga, http://lattes.cnpq.br/2761722945058455
First member of the board: Carvalho, Daniele Pena
Second member of the board: Martins, Lourdes Conceição
Third board member: Silva, Maurício Marques Pinto da
Fourth member of the board: Pamplona, Ysabely de Aguiar
Abstract: Introdução: A contaminação dos recursos hídricos e sedimentos por metais, e sua bioacumulação em animais é um grave problema ambiental e está principalmente relacionado ao descarte inadequado de efluentes industriais. A exposição aguda ou crônica do homem por metais, através da ingestão de água contaminada ou através de peixe com alta concentração destes elementos é um problema de Saúde Coletiva, devido ao grande número de doenças causadas por estes contaminantes. Objetivo: Avaliar a relação entre os relatórios anuais da CETESB sobre os contaminantes dos recursos hídricos da região metropolitana da baixada santista e o perfil epidemiológico das internações hospitalares ambos no período 2015-2019. Método: Estudo Ecológico Analítico utilizando os dados de 329.486 internações do Sistema Único de Saúde – SUS e os principais grupos de doença apresentados. As principais variáveis de interesse utilizadas foram a data de internação do paciente, município de residência e CID principal. Resultados: as principais taxas para cada 10.000 habitantes, calculadas para os grupos de doença foram na ordem decrescente: doenças do aparelho digestório (199,5), doenças do aparelho circulatório (183,3), doenças do aparelho respiratório (153,3), doenças do aparelho genital e urinário (111,0) e doenças do sangue e alterações imunológicas (100,4). Segundo os relatórios anuais da CETESB, alumínio, arsênio, bário, ferro, mercúrio, magnésio, manganês, níquel e Zinco foram encontrados na região metropolitana da baixada santista acima dos valores permitidos pela legislação. De acordo com análise espacial realizada, há uma dependência entre o padrão de doenças e metais, associado com suas características e localização. Conclusões: os metais encontrados nos recursos hídricos da região podem estar relacionados aos principais grupos de doenças encontrados na população da região, e esta exposição pode se dar pela ingestão de água contaminada ou pelo consumo de alimentos.
Abstract: Background: The contamination of water resources and sediments by metals and their bioaccumulation in animals is a serious environmental problem and is mainly related to inadequate disposal of industrial effluents. Acute or chronic human exposure to metals, through the ingestion of contaminated water or through ingestion of fish with a high concentration of these elements is a public health problem mainly due to the large number of diseases caused by these contaminants. Objective: To evaluate the relationship between CETESB's annual reports on contaminants in water resources in the Metropolitan Region of Baixada Santista and the epidemiological profile of hospital admissions, both in the period of 2015-2019. Methods: Ecological Analytical Study using data from 329,486 hospitalizations from the Unified Health System – SUS – and the main disease groups presented. The main variables of interest used were the patient's admission date, city of residence and main ICD. Results: the main rates per 10,000 inhabitants, calculated for the disease groups, were, in descending order: diseases of the digestive system (199.5), diseases of the circulatory system (183.3), diseases of the respiratory system (153.3), diseases of the genital and urinary system (111.0) and blood disorders and immunological disorders (100.4). According to CETESB's annual reports, aluminum, arsenic, barium, iron, mercury, magnesium, manganese, nickel and zinc were found in the Metropolitan Region of Baixada Santista above the values allowed by the legislation. According to the spatial analysis performed, there is a dependence between the pattern of diseases and metals, associated with their characteristics and location. Conclusions: the main groups of diseases found in the region's population may be related to metals found in this region's water resources, and this exposure can occur through the ingestion of contaminated water or food consumption.
Keywords: metais pesados; contaminação ambiental; recursos hídricos; doenças; baixada santista
heavy metals; environmental contamination; water resources; diseases; Baixada Santista
CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::SAUDE COLETIVA
Language: por
Country : Brasil
Publisher: Universidade Católica de Santos
Institution's Acronym: Católica de Santos
Department: Centro de Ciências Sociais Aplicadas e Saúde
Program: Doutorado em Saúde Coletiva
Citation: BUMBA, Marco Antônio Cismeiro. Perfil epidemiológico dos municípios da Baixada Santista e sua relação com a contaminação ambiental. 2022. 119 f. Tese (doutorado) - Universidade Católica de Santos, Programa de Pós-Graduação stricto sensu em Saúde Coletiva, 2022
Type of Access: Acesso Aberto
URI: https://tede.unisantos.br/handle/tede/7920
Issue Date: 18-Aug-2022
Appears in Collections:Doutorado em Saúde Coletiva

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Marco AntonioC. Bumba.pdfTese_Doutorado em Saúde Coletiva3.29 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.